Embora a maior parte da porcelana chinesa da colecção seja constituída por peças de encomenda europeia do século XVIII, este pote faz parte de um pequeno núcleo de peças em porcelana chinesa do século XVI e XVII, expostas na sala de Arte Oriental, assinalando a presença portuguesa e o comércio marítimo que dominamos neste período.