Perspectiva do Porto durante o Cerco de 1832-31, figura entre as escassas representações da cidade durante este período. A componente militar é visível na inscrição e nas figuras de uniforme que povoam a vasta panorâmica. Carlos Van Zeller, autor do desenho dado à estampa em Londres por R. Havell, subscreve a gravura como capitão da Brigada Britânica ao serviço de D. Maria II.
A gravura é acompanhada por uma chave anexa, intitulada "A key to the Print of Porto", representada por um esboço simplificado da estampa, legendada em inglês e numerada distinguindo 85 locais, edifícios da cidade e baterias militares.