A imitação da laca oriental, aplicada em peças de mobiliário foi desenvolvida em vários países da Europa. A presente papeleira obedece a construção e técnica inglesas. O alçado, com remate ondulado de tónica orientalizante, abre com duas portas espelhadas. O interior da papeleira é compartimentado com escaninhos e gavetas, e uma tampa deslizante que dá acesso a um compartimento segredo. Entre o alçado e a papeleira duas prateleiras, quando abertas serviam de suporte a velas para iluminação, que era reflectida e ampliada pelos espelhos das portas. A decoração, de inspiração chinesa, representa em relevos dourados sobre fundo negro, trechos de arquitectura, figuras de camponeses, pássaros e árvores.