A técnica decorativa utilizada nesta peça é um distintivo do estilo barroco tardio, praticado nas oficinas da cidade italiana de Trapani. Pertenceu ao Convento de S. Bruno das Laveiras em Lisboa. Passou posteriormente para a colecção particular do rei D. Luís I, no Palácio das Necessidades.