Colcha de abafo, de forma rectangular, constituída por duas telas de tecido de algodão branco, tendo entre elas um enchimento de filaça de algodão, fixada pelos pontos do bordado que formam a decoração da peça. O bordado é executado com fios de seda frouxa polícromos, predominantemente com ponto atrás. A rematar a colcha, uma franja de seda listrada, nas cores do bordado.
Dos motivos decorativos – que se desenvolvem tendo como base um programa geométrico, constituído por uma sucessão de círculos no campo, pelas linhas rectas que se cruzam formando a barra, e dentro desta, por um traçado do qual resultam reservas losangulares – destacam-se os de carácter vegetalista, as aves exóticas e algumas cenas de montaria. Pelo seu significado, é de salientar o motivo do medalhão central que apresenta um pelicano a alimentar os filhos com o seu próprio sangue, simbologia a que está associado o amor paternal, ou a Eucaristia na iconografia Cristã.