22 de Julho a 14 de Novembro de 2004

O trabalho de Margit Denz tem como tema central o corpo enquanto entidade erótica, poderosamente sexuada, expressão de desejo e da funcionalização desse desejo como arquétipo simbólico e produto de troca social.

Margit Denz coloca os problemas contemporâneos da produção artística: aqui os da Cerâmica cruzando-se com os da Escultura e da Instalação; a Cerâmica alargando o seu âmbito disciplinar, ao explorar capacidades de registar imaginário, criar volumes e organizar espaços reais.

A Cerâmica, arte tão radicada em Portugal mas tão pouco sujeita aqui a ponderações que ultrapassem a mera destreza técnica é aqui questionada como conceito e expressão artística.