17 de Dezembro 2004 a 3 de Julho 2005

A primeira metade do século XVI foi um período brilhante na história da pintura portuguesa, mas deixou poucas marcas no património artístico do Porto. O Museu Nacional de Soares dos Reis tem, no entanto, um pequeno mas relevante núcleo de pinturas dessa época a que um restauro recente conferiu renovada visibilidade. Em torno desse núcleo se organiza uma exposição com painéis retabulares e pinturas devocionais pouco conhecidas, vindas principalmente das reservas do Museu Nacional de Arte Antiga, produzidas pelos mais destacados mestres da nossa pintura quinhentista, desde a geração luso-flamenga do começo do século até à viragem para o maneirismo.