19 de Junho a 29 de Julho 2007

A exposição apresenta cerca de 200 objectos de prata portuguesa do século XV à actualidade, contando com peças de arte civil e arte sacra, provenientes de colecções particulares. A magnífica qualidade das peças seleccionadas evidencia o objectivo desta iniciativa: testemunhar o talento dos nossos Mestres Ourives, numa enorme diversidade de linguagens técnicas e artísticas.

Comissariada por José Marques Baptista, ourives-gemólogo e avaliador pela Imprensa Nacional - Casa da Moeda, a exposição está organizada por centros de fabrico nacionais identificados (Lisboa, Porto, Beja, Braga, Coimbra, Évora, Guimarães, Santarém e Viseu), centros de produção não identificados e Ourivesaria Indo-Portuguesa. Vai estar ainda representada a produção actual de alguns artistas do Norte.

Durante a exposição, realizam-se nos dias 28 de Junho e 5, 12 e 19 de Julho várias palestras dedicadas à ourivesaria (ver programa).

Paralelamente, haverá uma mesa redonda no dia 28 de Junho, às 15 horas, com a participação de vários artistas contemporâneos, assim como representantes da indústria da ourivesaria.