20 de Setembro a 2 de Dezembro 2007

O Museu Nacional de Soares dos Reis inaugura a 19 de Setembro, às 18h00, a exposição Obras-Primas da Cerâmica Japonesa, que ficará patente até 2 de Dezembro.

Esta exposição é organizada pela Agência para os Assuntos Culturais do Governo do Japão e pelo Instituto dos Museus e da Conservação. Resulta do intercâmbio cultural entre Museus Japoneses e o Museu Nacional de Soares dos Reis, que em 2005, cedeu o par de biombos Namban da sua colecção para a exposição que marcou a inauguração do Museu Nacional de Kyushu e recebe agora oitenta e uma peças de cerâmica japonesa, provenientes de vários museus e de colecções particulares do Japão.

Como complemento das peças vindas do Japão serão apresentadas porcelanas japonesas provenientes de colecções portuguesas.

A apresentação desta exposição este ano é única na Europa e é uma oportunidade

para dar a conhecer ao público uma panorâmica da cerâmica japonesa, desde os seus primórdios, com uma peça do séc. XX a. C., até aos nossos dias.

A actividade cerâmica no Japão é muito relevante e muito considerada, quer pelo Governo, que desenvolve grandes esforços no apoio aos seus artistas e artesãos, quer pelo povo em geral, que a acarinha e aprecia. A cerâmica reveste-se de características muito peculiares na cultura japonesa e esta exposição permite compreender a evolução das formas, técnicas e expressões artísticas que se foram manifestando ao longo da história do Japão, começando pelas cerâmicas arqueológicas, passando pelas peças da cerimónia do chá do período Momoyama, as belas porcelanas exportadas para a Europa ou feitas de propósito para os senhores japoneses ou as obras de conceituados artistas contemporâneos, que são considerados pelos japoneses como “Tesouros Nacionais Vivos”.

Ao longo dos cerca de dois meses e meio em que a exposição poderá ser vista, o Museu promove várias actividades, de que se junta o programa, e onde se salientam as conferências realizadas em colaboração com o Centro de História de Além-Mar, da Universidade Nova de Lisboa e as oficinas, com temas relacionados com a cultura japonesa.

A inauguração contará com a presença da Senhora Ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima.